13° Chá Beneficente de "Natal em Cores" do GPACI reúne mais de 600 pessoas

O 13° Chá Beneficente de "Natal em Cores" do GPACI (Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil), que tem como intuito arrecadar recursos para a manutenção das atividades do hospital ligado à instituição, foi novamente um sucesso de público e de exemplos de generosidade.O GPACI é especializado no tratamento de crianças e adolescentes com câncer de Sorocaba e mais 47 cidades do interior, oferecendo tratamento médico multidisciplinar e apoio aos pacientes e suas famílias. Lá, são atendidos mais de 600 crianças e adolescentes até 18 anos, tudo de forma gratuita.O evento aconteceu no último dia 6/11, no Ipanema Clube, reunindo mais de 600 pessoas, entre influenciadores, representantes da imprensa e autoridades. A Prefeita Jaqueline Coutinho e a Deputada Estadual Maria Lúcia Amary prestigiaram a iniciativa, além de celebridades, como a bailarina, modelo e assistente de palco do Programa do Ratinho, Milene Pavorô. Cada um dos convidados contribuiu com a entidade de alguma forma, seja adquirindo o convite, doando recursos financeiros, objetos para sorteio no evento ou itens para uso no hospital, como foi o caso da Pró-Ouvir Aparelhos Auditivos, de Sorocaba (SP), que doou um aparelho auditivo para uma criança ou adolescente em tratamento do câncer, que eventualmente venha a precisar da prótese."Infelizmente, uma das possíveis sequelas da radioterapia e da quimioterapia é a perda auditiva. Vamos disponibilizar um aparelho auditivo bilateral e feito sob medida para a próxima criança do GPACI que precisar de uma prótese, como essa. Faremos todo o trabalho de avaliação e o que a criança precisar, também forneceremos de forma gratuita", disse Dra. Vanessa Gardini, fonoaudióloga e diretora da Pró-Ouvir.Ademais, ainda foram doados pela empresa de aparelhos aditivos cinco fones de ouvido sem fio de última geração para as crianças e adolescentes pacientes do GPACI que participaram do chá beneficente e outros cinco foram sorteados no bingo solidário entre os convidados. "Foi algo simbólico, mas ficamos extremamente felizes em poder ajudar, em contribuir de alguma forma", finalizou Cláudio Luccas, também diretor da Pró-Ouvir.Como nos anos anteriores, a iniciativa encantou pelo preciosismo e pela riqueza de detalhes na decoração das mesas de Natal, estendendo-se até o final da noite, com inúmeros prêmios e emocionante espírito de solidariedade. Foi, ainda, um momento de grande festa entre as crianças e adolescentes atendidos pelo GPACI, diretoria, colaboradores e voluntários da entidade.


Comentários (0)


Deixe um comentário